terça-feira ,13 abril 2021
Página Inicial / Saúde / Mais de 15 milhões de doses de vacina contra o coronavírus são desperdiçadas nos EUA

Mais de 15 milhões de doses de vacina contra o coronavírus são desperdiçadas nos EUA

Mais de 15 milhões de doses da vacina contra o coronavírus foram inutilizadas por conta de uma confusão de trabalhadores de uma fábrica em Baltimore, nos Estados Unidos. De acordo com informações do NY Times, os funcionários acidentalmente misturaram ingredientes do imunizante da Johnson & Johnson e da AstraZeneca/Oxford, forçando os reguladores a atrasar a autorização das linhas de produção.

A fábrica é administrada pela Emergent BioSolutions, um parceiro na produção. Autoridades federais norte-americanas confirmaram que o engano foi causado por erro humano. A Food And Drug Administration (FDA), agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, investiga o caso.

A falha acabou atrasando futuros embarques do imunizante da Johnson & Johnson nos EUA. Embora não afete as vacinas que já estão sendo entregues e aplicadas pelo país, o fato impactará a distribuição de outras 24 milhões de doses, que deveriam estar disponíveis no mês que vem. O lote estragado foi colocado em quarentena e, até o momento, não há indícios de que a produção das doses da AstraZeneca tenha sido contaminada.  A FDA ainda não autorizou o imunizante para uso emergencial. Em um comunicado divulgado na quarta-feira (31/3), a Johnson & Johnson afirmou que espera que as medidas tomadas com relação à Emergent permitam a entrega de 24 milhões de doses até o final de abril.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Promotoria pede ação conjunta de prefeituras do Nordeste baiano para frear Covid-19

As prefeituras de Jeremoabo, Sítio do Quinto, Pedro Alexandre e Coronel João Sá, na região …