quarta-feira ,28 setembro 2022
Página Inicial / Polícia / Menina foi deixada em boca de fumo pela madrasta para “pagar dívida”

Menina foi deixada em boca de fumo pela madrasta para “pagar dívida”

A adolescente de 12 anos, vítima de um estupro coletivo, foi deixada em uma boca de fumo pela madrasta, ocasião em que teria ocorrido os abusos contra a menina.  Três adolescentes suspeitos de cometerem o crime, foram apreendidos nesta sexta-feira (9).

Conforme o boletim de ocorrência, na madrugada de hoje, o pai da adolescente a deixou na casa de uma ex vizinha. A mulher por sua vez, questionou a menina o que estava acontecendo e foi aí que a menor relatou que sua madrasta a teria deixado em uma boca de fumo no bairro Dom Antônio Barbosa, para pagar uma dívida de drogas.

Diante da denúncia, a adolescente passou por atendimento no setor Psicossocial, confirmou os fatos e relatou que faz muito tempo que não frequenta a escola.

Ainda conforme a ocorrência, a vizinha relata que o pai e a madrasta da menina eram seus vizinhos, porém, há cerca de 30 dias que o casal se mudou do local e ela não sabe dizer onde eles estão morando atualmente e também não soube informar o telefone de contato dos autores.

O caso

Três adolescentes de 15,16 e 17 anos aforam apreendidos e encaminhados, na manhã desta sexta-feira (9), para a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), por serem suspeitos de praticar estupro com uma criança de 12 anos, no Jardim Los Angeles, em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, a menina foi atendida no CRS (Centro Regional de Saúde) do bairro Aero Rancho por uma médica que constatou a consumação do ato.

Foram realizados todos os procedimentos médicos devidos, incluindo a medicação. Após atendimento, a vítima também foi levada para a Depca, para dar detalhes do caso. Com informações Topmídia News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Juíza flagra policiais rasgando CNH de motoboy durante abordagem em Manaus

Uma juíza flagrou dois policiais militares abordando um entregador de forma violenta em Manaus. O …