segunda-feira ,6 fevereiro 2023
Página Inicial / Polícia / Morte de turista que veio à Bahia para encontrar mulher foi premeditada, diz delegado

Morte de turista que veio à Bahia para encontrar mulher foi premeditada, diz delegado

Dois homens foram presos na sexta-feira (9), suspeitos de envolvimento na morte de um turista vítima de golpe em rede social. Segundo a Polícia Civil, o turista Erivaldo Alves dos Santos, 47 anos, saiu de São Paulo após ser atraído por meio de um perfil falso de uma mulher no Facebook. Ele foi morto no distrito de Arraial D’Ajuda, no último dia 2.

Os suspeitos foram presos por equipes da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Eunápolis). Para o delegado Moisés Damasceno, coordenador da unidade, essa modalidade de golpe já é conhecida em outras regiões do país.

“Trata-se do golpe do amor. Um dos criminosos se passou por uma mulher, construindo um perfil falso na rede social para atrair a vítima”, destacou.

Na avaliação do delegado, o crime foi premeditado. “A vítima teve valores roubados por meio de transferências bancárias e depois foi assassinado. Ele foi enterrado em uma cova, em uma área de vegetação, na zona rural de Arraial D’Ajuda, cavada dois dias antes da sua chegada aquela região”, acrescentou.

A dupla foi presa na rodovia BR-101, na altura do distrito de Monte Pascoal, no município de Itabela, em uma abordagem realizada por policiais civis com o apoio de equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ainda d acordo com Damasceno, o celular de Erivaldo estava com um dos criminosos.

“Um deles é responsável pela conta que recebeu os valores roubados. O celular da vítima foi encontrado com o mesmo indivíduo que criou o perfil falso da suposta mulher no Facebook. Ele confessou o crime e informou que assassinou a vítima, após as transferências bancárias serem realizadas no dia dois, deste mês”, disse.

Um terceiro homem que estava no mesmo carro que os outros dois suspeitos teve um mandado de prisão por crime de homicídio cumprido durante as abordagens. No entanto, segundo a polícia, ele não tem envolvimento com a morte de Erivaldo Alves.

Os homens foram autuados em flagrante por extorsão com restrição da liberdade da vítima com resultado morte. Equipes do Instituto Médico Legal (IML) foram acionadas para a remoção do corpo e trabalhos periciais. As investigações continuam, para identificar a possível participação de outros envolvidos.

Com informações do Correio da Bahia

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Servidora morre ao ser feita de “escudo humano” junto com o homem que a usou como escudo, em Jequié

Um duplo homicídio foi registrado no início da noite de quinta-feira (02) em Juazeiro, Norte …