[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Política / MP toma atitude após post de Jean Wyllys contra Eduardo Leite

MP toma atitude após post de Jean Wyllys contra Eduardo Leite

Após ex-deputado federal Jean Wyllys (PT) chamar o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), de “gay com homofobia internalizada”, o Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) solicitou que a Justiça determine a quebra de sigilo de dados de Wyllys e a remoção da publicação das redes sociais.

De acordo com o promotor de Justiça David Medina da Silva, a atitude de Wyllys “ultrapassou os limites da liberdade de expressão” e foi “criminosa”. Na quinta-feira (20), o tucano acionou o MP contra o ex-deputado por homofobia.

Segundo David Medina, “através da manifestação efetuada pelo suspeito, é possível afirmar que, inobstante críticas ao governo sejam inerentes à Democracia, Jean Wyllys ultrapassou os limites da liberdade de expressão, ofendendo a dignidade e o decoro do Governador do Estado, sobretudo considerando o alcance da publicação, que, em 20.07.2023, às 18h, contava com 543 retweets, 297 tweets com comentários e 5.218 curtidas, além de mais de um milhão de visualizações”.

Caso haja uma determinação judicial, o promotor solicita a fixação de multa diária no valor de R$ 100 mil por descumprimento da medida.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Vereador que denunciou verba da saúde para shows pode ser cassado, em Embu das Artes, São Paulo

Único vereador de oposição à gestão Ney Santos (Republicanos) em Embu das Artes, na Grande São …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]