quarta-feira ,28 setembro 2022
Página Inicial / Economia / Mucugê: Editoras fortalecem sucesso da Fligê, e expõe o trabalho de escritores locais

Mucugê: Editoras fortalecem sucesso da Fligê, e expõe o trabalho de escritores locais

A quinta edição da Feira Literária de Mucugê levou para o município da Chapada Diamantina oito editoras e uma livraria, que colocaram em seus estandes, publicações de diferentes autores e, especialmente, de escritores que participam da Fligê ou que abordam em suas obras assuntos relacionados com o tema “Literatura e Ancestralidades”.

Parceiras do evento, as editoras baianas Caramurê, Cogito e Alba Cultural, além das editoras universitárias Edições Uesb, Edufba, Editus e UEFS Editora viabilizaram em seus estandes encontros com autores e autoras, além de promoverem a exposição de seus catálogos editoriais.

Representando a Caramurê, Laura Maria de Souza conta como é relevante a participação em eventos como a Fligê “É muito importante você levar a literatura e, também, a oportunidade das pessoas conhecerem os livros, principalmente, de editoras baianas que dão espaço para a publicação de escritores do estado”.

O Calçadão Literário da Fligê é o espaço destinado para a festa literária. No local, a editora da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), manteve a tradição de distribuir, gratuitamente, edições do seu catálogo para a alegria de visitantes como Monique Miranda, professora em Itaetê.

“Estou levando quatro livros, mas a vontade é de levar muito mais. No momento procurei obras que traz a questão da ancestralidade, da mulher e dos indígenas, então, eu não podia perder de vim pra Fligê, especialmente, por causa do tema de ano”.

Por lá também passaram nomes como Daniel Munduruku, autor de ‘Kabá Darebu’ e Cristina Serra, autora de “Tragédia em Mariana – a história do maior desastre ambiental do Brasil”, que após participarem da mesa ‘Em busca do dom da vida – ancestralidade, literatura e meio ambiente’, receberam o público para uma sessão de autógrafos, no estande da Fligê.

“Mucugê é uma cidade maravilhosa, o povo é muito acolhedor e aqui na Fligê me sinto em casa. Eu me sinto muito feliz quando vejo as pessoas aqui no estande da Caramurê interessadas por livros”, revelou a vendedora da editora.

CN com informações da Fligemucugê.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Quatro candidatos ao governo da BA participam de debate na TV Bahia

Quatro candidatos ao governo do estado nas eleições de 2022 participaram do debate promovido pela …