quinta-feira ,1 dezembro 2022
Página Inicial / Noticias / Novo Horizonte: Prefeito explica porque abandonou ACM e declarou apoio ao candidato de Rui, nesse 2° turno das eleições

Novo Horizonte: Prefeito explica porque abandonou ACM e declarou apoio ao candidato de Rui, nesse 2° turno das eleições

O prefeito Djalma Anjos (PP), do município de Novo Horizonte, na Chapada Diamantina, muda de decisão e volta a declarar apoio ao candidato a governador da Bahia do PT, nesse 2º turno das Eleições 2022. Em vídeo publicado nesta quinta-feira (06), Djalma agradece a população pelos expressivos votos em seus candidatos a deputados e já esclarece por que abandona o apoio dado a ACM Neto (União), no 1º turno, e volta para os braços do PT.

A saga do vai e volta do Gestor e seus aliados chega a ser engraçada, gerando uma certa confusão inicial, mas que se torna compreensível.  Para melhor compreender, é preciso voltar antes das eleições, lá, antes do pleito eleitoral, fora das campanhas ainda. A gestão atual de Novo Horizonte sempre foi da base do governo petista, porém, em março de 2022, o Partido Progressista (PP) sai do governo da Bahia, quando o vice-governador João Leão desfaz a aliança com o PT. Ressalta-se que o prefeito Djalma Anjos é do PP, ou seja, seu partid saiu da base do governo.

Porém, assim que iniciaram as campanhas eleitorais 2022, em meados de setembro, Djalma gravou vídeo ao lado do Governador Rui Costa (PT), acenando apoio ao PT, por gratidão aos feitos do governador em Novo Horizonte, e declarou seu apoio a Jerônimo (PT). Mas, dias depois, durante um comício de ACM na região, Djalma sobe ao palco de candidato ACM Neto (União), e entusiasmado, declara que agora ele e Novo Horizonte são 44, ACM Neto, e assim permaneceu até a votação do 1º turno.

Passada as eleições, contado os votos, eis que ACM Neto se posiciona em 2º lugar com 40,88% da intenção dos votos, atrás de Jerônimo Rodrigues, que por muito, mas muito pouco mesmo, não se fez eleito, ficando com 49,33% da intenção de votos. Com esse novo cenário, desde terça-feira (04), o prefeito Djalma voltou a declarar apoio ao PT novamente, abandonado o candidato ACM.

Tanta confusão não podia dar outra, senão uma grande repercussão na cidade. A correspondente do CN na região de Ibitiara e Novo Horizonte, Vânia Matos, conversou com o prefeito para entender melhor o caso. Vânia conta que “foi o caso que mais repercutiu na tarde de ontem, quinta-feira (05), na cidade de Novo Horizonte, foi uma surpresa para a população, mas foi bem aceito”, pontua a correspondente.

Segundo Djalma, a mudança de apoio se deu devido a um pedido feito pelo então senador eleito, Otto Alencar, para que voltasse a apoiar Jerônimo e que em contrapartida, o município receberia diversos benefícios, por ele elencados.

“Viemos com toda a equipe para mostrar que o apoio que foi dado ao presidente Lula agora também vai para Jerônimo governador”, afirmou o prefeito, ao Jornal Política ao Vivo em Salvador, na quarta-feira (04). Além de Djalma Anjos, o vice-prefeito Rogério Prado (PSD), sete vereadores do município e o deputado federal Sérgio Brito (PSD) também declararam apoio a Jerônimo.

“Em contrapartida foi comprometido com o município o saneamento básico da sede, com o tratamento da água, a ligação asfáltica do Vale do Alho, terminar a estrada que liga Mercês a Jurema e terminar todas as obras existentes. Por isso, decidimos apoiar Jerônimo para o segundo turno. Fizemos isso para a possibilidade de melhora ainda mais para o município de Novo Horizonte”, afirmou Djalma ao justificar seu novo apoio.

O prefeito Djalma tem uma boa conexão com a população, o que levou a fácil aceitação da mudança. Registra-se que no 1º turno, para o cargo de governador, ACM Neto recebeu 61,67% dos votos (4.338 votos) entre os eleitores de Novo Horizonte. O segundo colocado nesse cenário foi Jerônimo, com 34,76% (2.445 votos). Clique aqui e confira o vídeo do gestor.

 

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

PALMEIRAS: Prefeitura se compromete a regularizar Sistema Municipal de Meio Ambiente

O Município de Palmeiras, na Chapada Diamantina firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) …