sexta-feira ,18 setembro 2020
Página Inicial / Noticias / Pacientes X Regulação: Pacientes de Seabra reclamam da espera por vagas e transferências em hospitais do Estado. “Regulação tem dificultado transferência de pacientes de Seabra para Salvador.”

Pacientes X Regulação: Pacientes de Seabra reclamam da espera por vagas e transferências em hospitais do Estado. “Regulação tem dificultado transferência de pacientes de Seabra para Salvador.”

No último dia (21), a equipe de reportagem do Jornal do Meio, foi procurada por Debora Oliveira que trabalha no ponto do Açaí em Seabra para comunicar que está com uma tia com câncer há mais de quinze dias em Salvador e a família não está conseguindo a regulação para o Hospital Aristide Maltez, onde ela precisa fazer tratamento.

Diante dessa situação o programa Jornal do Meio que é exibido semanalmente pela Nova Web Rádio de Seabra debateu essa questão e pediu providencias das autoridades responsáveis. Na ocasião o âncora do programa Nerisvaldo Sobrinho comentou que “infelizmente esse é o novo normal, sendo que muitas pessoas devido a pandemia estão sendo prejudicadas em seus tratamentos ou regulações nos Hospitais da capital.”

Em contato, com a sobrinha da paciente ela relatou a situação que sua tia se encontra atualmente em Salvador:

“Ela já fez dois teste para COVID-19 e deram negativos e está precisando urgentemente começar o tratamento, porém estão argumentando que não tem vaga no Hospital Aristides Maltez.”  Debora concluiu dizendo: “Quer dizer que as pessoas não podem morrer de COVID-19, mas pode morrer de câncer, ou qualquer outra doença?” Para além, disso ela relatou que sua tia ficou mais de três dias nos corredores do hospital sem assistência básica, foi necessário segundo ela uma denúncia aos Direitos Humanos para tomarem providencias.

A equipe de redação do Jornal do Meio se comprometeu está buscando ajudar no que for necessário nessa situação, envolvendo essa senhora que busca uma vaga de regulação no Hospital Aristides Maltez em Salvador.

Em uma outra situação semelhante, a redação do Jornal do Meio dia foi novamente procurada por uma pessoa que pediu um espaço no programa para relatar uma situação difícil que a sua família está passando no Hospital Regional da Chapada em Seabra.

Segundo, essa pessoa o seu tio está internado desde domingo (16) onde deu entrada pela sala vermelha e foi diretamente para UTI, na terça feira ele teve um problema nos rins, ou seja, os rins dele pararam de fazer a drenagem.

Diante da situação, a sobrinha relata que é necessário uma vaga em Salvador ou Irecê para que possa ser realizado duas sessões de hemodiálise, assim como um leito de UTI. No entanto, Irecê tem vaga, mas não tem o leito de UTI em contra partida em Seabra tem o leito mais não tem a máquina de hemodiálise que está quebrada.

O transporte dele para fora da cidade de Seabra não pode acontecer em qualquer situação sendo necessário uma UTI móvel. Ele fez 71 anos e está em uma situação extremamente complicada onde o Estado de modo geral termina negligenciado ou burocratizando a sua situação desabafou a sobrinha.

Em contato com a direção do Hospital Regional de Seabra eles informaram que já conseguiram a regulação para esse paciente que precisa fazer sessões de hemodiálise.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Eleições 2020: Convenção de prefeito em Paramirim ignora distanciamento e leva multidão à localidade

Imagens da convenção do prefeito de Paramirim, no Sudoeste baiano, Gilberto Brito, chamou a atenção. …