domingo ,5 fevereiro 2023
Página Inicial / Saúde / Pai perde três filhos para síndrome hereditário raro: ‘Tanta dor’

Pai perde três filhos para síndrome hereditário raro: ‘Tanta dor’

(Reprodução / Arquivo pessoal)

Um pai perdeu os três filhos por uma síndrome rara que causa tumores pelo corpo. O corretor de imóveis Régis Feitosa descobriu que tinha Li-Fraumeni aos 46 anos e, em pouco tempo, evoluiu não só nele, mas nos filhos.

Em conversa ao G1, ele explicou que não conseguiu ter luto direito porque um morreu atrás do outro, mesmo realizando tratamentos para diminuir os tumores. “É impossível administrar tanta dor, tanto sofrimento e ter luto ao mesmo tempo”, contou.

A probabilidade de passar o gene para o filho é de 50%. Régis descobriu que a doença é caracterizada por alterar o gene TP53, o que faz com que a produção da proteína responsável por impedir o crescimento dos tumores seja insuficiente para prosseguir no procedimento.

A filha caçula, Beatriz, morreu em 2018 aos 10 anos com quadro de leucemia linfóide aguda. O filho do meio, Pedro, 22, teve cinco episódios de câncer e faleceu com um tumor no cérebro em 2020. A última, que morreu em novembro deste ano, Anna Carolina, 25, também teve tumor no cérebro.

“Isso nos uniu bastante. Eles tinham muita força, muita aceitação apesar da doença e da gravidade todos sabiam, mesmo a mais nova. Sempre procurávamos manter a alegria, a harmonia. Os meninos deixaram um legado muito grande de ensinamento”, comentou. (Fonte Correio24horas)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

PALMEIRAS: Município sediará a 7ª Conferência Municipal de Saúde em março e se prepara para a etapa nacional; inscrições serão abertas em breve

A 17ª Conferência Nacional de Saúde será realizada de 2 a 5 de julho de …