terça-feira ,26 outubro 2021
Página Inicial / Meio Ambiente / PALMEIRAS: Cidade fica coberta por fumaça vinda do lixão. Moradores reclamam. Prefeitura fala quais ações e providências foram adotadas

PALMEIRAS: Cidade fica coberta por fumaça vinda do lixão. Moradores reclamam. Prefeitura fala quais ações e providências foram adotadas

Muita fumaça, crianças passando mal, idosos com mal estar e muita indignação da população da cidade de Palmeiras, na Chapada Diamantina, na noite desta quinta-feira (07), quando um lixão, que fica praticamente dentro da cidade, começou a incendiar. A cidade toda, praticamente, ficou envolta em uma “nuvem” de fumaça.

Esses incidentes de incêndio no lixão são recorrentes, bem como as reclamações, mas as proporções do fogo dessa última quinta-feira foi “o pior de todos os dias”, relata moradores da cidade. Não se sabe quem colocou ou provocou o fogo no lixão.

Pessoas enviaram ao Chapada News áudios e vídeos, onde mostram a “neblina” de fumaça e relatam que estão tendo prejuízos em sua saúde ao inalar tanta fumaça, “respirando ar tóxico”, conclui outro morador.

“Meu Deus, eu estou pra morrer. Já tenho problema de asma, estou com problema de coração e ainda sufocada aqui de fumaça, estou para enlouquecer! E ainda preocupada com mãe, chegamos todas do hospital hoje”, relata outra moradora da cidade.

O Chapada News entrou em contato com a Prefeitura Municipal para compreender o motivo do incêndio e as providências a serem tomadas. Naiara Nascimento, Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SEDESP), esclareceu que a maioria dos incêndios desse local são criminosos e de cunho político, com a intenção de atingir a gestão, porém, se esquecem que a população é quem sofre.

Entretanto, reforça que não se sabe se esse de ontem, especificamente, também foi provocado intencionalmente, visto que qualquer lixão pode entrar em combustão sozinho. Explicou que quando a prefeitura colocou pessoas para espreitar e descobrir quem estava provocando os incêndios, a cidade ficou um tempo significativo sem sofrer com essas queimadas. Diz que estão bem próximos de pegar quem vem ateando fogo no local.

A Secretária esclarece ainda, que a gestão está em contratação de empresa que irá remover o lixão atual para um aterro sanitário distante da cidade. E em relação a ontem, o Corpo de Bombeiros esteve no local apagando o fogo. Porém, como ele vem de baixo para cima, fica resquícios de fogo que reacende e começa a queimar novamente. A gestão tem ciência da problemática causada por esse lixão e está em busca de solução constantemente.

Explicou também que a fumaça se concentra mais no bairro ‘Jason Alves’ (as Casinhas), devido ao crescimento do mesmo, expandindo cada vez mais para próximo do lixão. Outra constatação é que “com o crescimento da população e do número de visitantes do Capão, esse lixo vem aumentando e o resultado dele está aí, praticamente dentro da cidade”, relata Naiara.

“Hoje a gente recolhe muito mais resíduos do Capão do que da sede, por exemplo. A gente também precisa fazer uma política de conscientização desse pessoal que nos visita no Capão, com relação a essa nossa problemática”, pontua Naiara Nascimento.

Naiara reforça que sempre tem contato com o Promotor de Meio Ambiente do qual recebem muita orientação. E que ainda nesta sexta-feira (08) esteve em contato com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Corpo de Bombeiros em busca de auxílio para esse problema do incêndio no lixão.

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Lençóis: Cidade firma TAC para garantir conservação do Parque Municipal da Muritiba-Serrano

O município de Lençóis, na Chapada Diamantina, firmou, junto ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), …