domingo ,29 novembro 2020
Página Inicial / Noticias / Pesquisa da Uefs e da Uneb aponta para disparada de casos da Covid-19 em Mucugê

Pesquisa da Uefs e da Uneb aponta para disparada de casos da Covid-19 em Mucugê

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), campus de Seabra, aponta que o município de Mucugê, na Chapada Diamantina, sofrerá um acréscimo de novos casos da Covid-19 nos próximos 30 dias, caso medidas preventivas não sejam tomadas. As informações são do Jornal da Chapada.

Umas das hipóteses consideradas pelos pesquisadores é que o complexo rodoviário de Mucugê estabelece variadas rotas de transmissão para locais adjacentes, até mesmo para pequenos epicentros provenientes de Jequié, Vitória da Conquista e Itaberaba. O distrito de Guiné, a norte do território, também pode ser influenciado pela BR-330 e BA-148.

Há previsão para pico de curva de casos ativos, nos próximos 30 dias, com ou sem medidas de distanciamento social. Recentemente, as atividades turísticas foram reabertas, como o Parque Sempre Viva, na última sexta-feira (4), dentro dos protocolos preconizados pelos órgãos de saúde. O secretário da pasta da Saúde, Igor Teles, ressalta que o município tem seguido as medidas de prevenção e que até o momento nenhum caso registrado está associado ao turismo.

“Estamos seguindo com todas as recomendações dos órgãos de saúde, trabalhando com as prevenções, distanciamento social, atividades educativas, monitoramento, sanitização, protocolos e realizando exames para fins diagnósticos na população. A reabertura se deu através de protocolos de segurança para a retomada da atividade econômica no município. Até a presente data, nenhum caso esteve relacionado ao turismo. Por segurança, também, caso haja elevados casos, conforme relata o protocolo, será revisto toda a reabertura”, declarou o secretário.

Igor Teles ainda completa que o município tem um caso ativo e que os leitos para tratamento da Covid-19 municipal estão desocupados e a capacidade de UTI do Estado variando nos 50%. “Seguimos com todo trabalho que se iniciou em março, solicitamos apoio de todos os moradores e visitantes para cumprirem todos os decretos e protocolos estabelecidos para seguirmos com a nossa cidade de forma segura”, finaliza o secretário.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra-BA: Em menos de 24h, segunda mulher é presa pela PRF na Bahia por tráfico de drogas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na última quinta-feira (26), uma mulher de 22 anos …