segunda-feira ,12 abril 2021
Página Inicial / Saúde / Pesquisadora da Fiocruz diz que Brasil não deve ter vacinação antes de fevereiro

Pesquisadora da Fiocruz diz que Brasil não deve ter vacinação antes de fevereiro

Mesmos com diversos países já vacinando a população contra a Covid-19, o Brasil não deve fazer parte dessa lista tão cedo, foi o que disse Margareth Dalcomo, pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz, em entrevista à CNN.

“A Anvisa só pode registrar um produto que tenha registro em seu país de origem e nenhuma das duas avançadas no Brasil, que são a da Sinovac e da AstraZeneca, têm”, afirma. “Então, elas não poderiam ser utilizadas para vacinar a população brasileira”, explica.

De acordo com a pesquisadora, há seis meses, que foi a época em que os estudos de fase 3 começaram, era necessário uma coordenação mais harmônica e centralizada do governo federal, mas com a anuência e parceria da comunidade acadêmica.

Por conta disso, o contágio no Brasil pode levar mais tempo para ser freado “Isso não aconteceu realisticamente, a impressão que nós temos é que antes de fevereiro ninguém deve ser vacinado no Brasil”, disse.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Vacinação lenta abre espaço para surgimento de variantes resistentes às vacinas

Além de adiar o retorno à “vida normal” e piorar os índices econômicos, sociais e de …