Página Inicial / Polícia / Polícia prende treinador de futebol acusado de abusar menores em Cajazeiras

Polícia prende treinador de futebol acusado de abusar menores em Cajazeiras

Foto: Reprodução / Ascom PC

Um homem foi preso acusado de assediar adolescentes que jogavam em um time de futebol no bairro de Cajazeiras, em Salvador, nesta quarta-feira (18). Segundo a Polícia Civil da Bahia, o suspeito era treinador da equipe.

A ação foi fruto de mais um etapa da Operação Flor Lótus, deflagrada pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Crianças e o Adolescente (Dercca), em alusão ao mês de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O suspeito tinha um mandado de prisão em aberto, cumprido ontem por policiais da especializada e da Coordenação de Operações Policiais (COP), do Departamento de Polícia Metropolitana (DEPOM). Ele é acusado de exploração sexual e corrupção de menores.

O profissional não foi identificado. De acordo com a polícia, ele não tinha credenciais para exercer a função. Foram encontradas com ele imagens de pornografia envolvendo adolescentes, que ele compartilhava.

Publicidade

Durante as ações, foram cumpridos mandados de busca e a preensão na sede do time e em três casas, na região. Na casa do treinador, foram apreendidos notebook, dois aparelhos celulares, documentos. No alojamento dos jogadores foram localizados mais documentos, preservativos e lubrificantes sexuais.

A titular da Dercca, delegada Simone Moutinho, a denúncia é essencial. “A denúncia deu início às investigações que duraram dois meses. Este crime também causa danos decorrentes da humilhação, as quais os garotos eram submetidos. De fato, é essencial a colaboração da sociedade e por esse motivo, todos devem denunciar. Basta ligar para o 181 do Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Não precisa se identificar”, afirmou.

Os garotos passaram por depoimento especial na Dercca, com acompanhamento de psicóloga e assistente social da unidade, e serão encaminhados para rede de acolhimento para dar continuidade aos atendimentos psicossociais. (Fonte: Bahia Noticias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

SEABRA: Cinco pessoas são presas suspeitas de diversos arrombamentos a lojas do comércio de Seabra

Cinco pessoas são presas, suspeitas de diversos arrombamentos a alguns estabelecimentos comerciais da cidade de …