terça-feira ,17 maio 2022
Página Inicial / Entretenimento / Reveja a trajetória de Paulinha Abelha, voz marcante da Calcinha Preta

Reveja a trajetória de Paulinha Abelha, voz marcante da Calcinha Preta

Reprodução/Twitter

“Paulinha, me diz o que eu faço?”. Assim perguntava Daniel Diau no auge de 2008, no álbum volume 18, da banda Calcinha Preta. Essa frase, no entanto, virou a pergunta de todos os brasileiros após a morte de Paulinha Abelha, aos 43 anos, na noite desta quarta-feira (23), em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico.

Natural da cidade de Simão Dias, em Sergipe, Paula de Menezes Nascimento Leça Viana nasceu no dia 16 de fevereiro de 1978. Iniciou no mundo da música com apenas 12 anos se apresentando em trios pelo estado natal. Anos depois, formou sua banda, Flor de Mel, que não durou muito tempo. Seu segundo grupo foi Panela de Barro, que também durante pouco tempo, conseguiu adquirir experiência como cantora profissional.

No final dos anos 90, Paulinha Abelha foi descoberta pelo empresário Gilton Andrade e Daniel Diau. A chegada da cantora na Calcinha Preta mudou o rumo do grupo – que até 1995, se chamava Santa Rosa -. Ela entrou para a banda, depois de sete vocalistas, já para gravar o quinto álbum, os os melhores sucessos do Volume 4, como “Só Você Me Faz Feliz”, “Eu Vim Pra Te Ver”, entre outros que estão no imaginário dos milhares de fãs. Vale lembrar que a CP foi a primeira banda de forró a colocar guitarra elétrica junto com saxofone.

Na Calcinha Preta, Paulinha permaneceu durante 12 anos. Conheceu o ex-marido Marlus Viana, fez amizades sinceras como Silvânia Aquino e ainda teve coragem, em 2010, de pedir demissão do grupo para formar uma nova banda, os GDO do Forró. No mesmo ano, a cantora fez uma dupla chamada “Paulinha & Marlus”, que também não durou muito.

Em 2015, Paulinha se separa de Marlus Viana, deixando vários fãs surpresos com a decisão.

Em 2016, após retornar para a Calcinha Preta, novamente, Paulinha sai do grupo e monta uma banda com Silvânia Aquino e Daniel Diau. O trio formava os “Gigantes do Brasil”. No fim deste mesmo ano, o cantor pede para sair do grupo e forma-se apenas “Silvânia e Paulinha”.

Publicidade

Em 2017, mais madura, a cantora anuncia que está namorando com o dançarino Clevinho Santos. Anos depois, concretiza o romance e se casa com o dançarino.

O retorno a Calcinha Preta acontece em 2018, com Daniel Diau, Silvânia Aquino, Paulinha Abelha e Bell Oliver – que já estava na banda desde 2014. A volta triunfal do grupo completo aconteceu em um pocket show no meio da praça de alimentação do Salvador Norte Shopping, em Salvador, na Bahia. Mais de mil pessoas estiveram no local para prestigiar a banda de maior sucesso do Brasil.

Causa da morte

A cantora foi internada no último dia 11 de fevereiro, em Aracaju, depois de uma turnê em São Paulo. Apesar da internação ter sido por problemas renais, a cantora já dava indícios que não estava bem desde a entrevista ao podcast PodPah, no dia 9.

Durante a entrevista, Paulinha Abelha brincou dizendo que desmaiou antes de entrar ao vivo, mas que estava bem. No entanto, na conversa com Mítico e Igão, a artista levantou algumas vezes para ir ao banheiro, demonstrando que a situação interna não estava boa.

“Eu senti um ‘passamento’, um desmaio (antes da entrevista). Mas nada que o Podpah não resolva, está tudo ótimo. Qualquer coisa, se eu ficar tonta, eu vou ali. Mas comi igual a uma lontra, ontem jantamos um sushi maravilhoso”, disse Paulinha.

Bnews

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Aguardando Iphan, roda-gigante de Salvador deve ter inauguração apenas em 2023

A inauguração da roda-gigante em Salvador deve ficar apenas para 2023. Apesar de ter recursos …

No Banner to display

Vídeo Destaque

Previsão