terça-feira ,22 setembro 2020
Página Inicial / Noticias / Rio de Contas: Vereador denuncia que bebê que nasceu em via pública morreu e foi sepultado sem autópsia

Rio de Contas: Vereador denuncia que bebê que nasceu em via pública morreu e foi sepultado sem autópsia

Na sessão legislativa da última segunda-feira (02), o vereador Vinícius Costa de Souza (PSDB) denunciou um caso grave ocorrido no Hospital Municipal de Rio de Contas, a 78 km de Brumado, na região da Chapada Diamantina. Segundo ele, no dia 15 de fevereiro deste ano, uma criança recém-nascida, parida em via pública, deu entrada na unidade. Ainda não se sabe, de acordo com o parlamentar, se o recém-nascido chegou ou não com vida ao hospital. Fato é que, ao invés de encaminhar o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) de Brumado, o mesmo foi entregue à família para que fosse sepultado sem a realização da autópsia a fim de identificar a causa da morte. Costa ressaltou que o caso estaria sendo mantido em sigilo pelo Diretor Administrativo do Hospital de Rio de Contas, Adílio Aparecido da Silva. “O diretor pediu a algumas pessoas que aguardassem, sob a justificativa de que estaria pensando numa solução. Pediu ainda que não comentassem com ninguém para que o assunto não chegasse ao conhecimento da oposição. Se não quer que a oposição saiba, é porque boa coisa não é”, afirmou ao Sertão Hoje. O parlamentar pediu a presença do diretor na casa legislativa para prestar esclarecimentos. Também solicitou que o Ministério Público e a Polícia Civil investiguem o caso. “Eu não sou polícia, não sou promotor e não sou juiz. A minha obrigação é levar as denúncias ao conhecimento das autoridades para que investiguem”, finalizou. Com informções do site Achei Sudoeste.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

O IFBA Campus Seabra alcança segunda melhor nota do IDEB 2019 entre as instituições de Ensino Médio da Bahia avaliadas pelo Inep

É com grande alegria que o Instituto Federal da Bahia – Campus Seabra compartilha o …