sábado ,18 setembro 2021
Página Inicial / Educação / Seabra: Aulas presenciais devem retornar somente em outubro

Seabra: Aulas presenciais devem retornar somente em outubro

Em entrevista concedida ao jornal do Meio Dia da Rádio Nova FM, o Secretário de Educação do Munícipio, Altair, foi questionado referente a vários temas ligado à educação. Dentre eles, o retorno das aulas presencias no município.

O Secretario deixa claro que o direto à educação à criança e ao adolescente está sendo garantido, pois as aulas estão acontecendo de forma remota, para quase 80% dos alunos. E para aqueles que não tem acesso à internet, as atividades são levadas e retiradas em suas casas. Com isso, o município de Seabra, consegue atender 100% dos alunos no que diz respeito ao direito de aprender.

Em relação ao retorno das aulas presenciais, o Secretário esclarece que não é uma decisão unilateral da Secretara de Educação, pois existe um comitê formado por várias secretarias, tais como a Secretaria de Assistência Social, Vigilância Sanitária, entre outros que se reúnem para analisar a questão da covid como taxa de contaminação, mortalidade, número de caso no município. Depois faz-se um parecer. De posse do parecer, será ouvido o Conselho Municipal de Educação, depois o feedback dos profissionais de educação e do Sindicato.

No entanto, Altair confirma que sim, há a possibilidade pequena, de se retomar as aulas presenciais no mês de outubro, ficando assim o último trimestre de forma presencial, porém, é preciso primeiro preparar para esse retorno, com reformas estruturais e reformas com base no protocolo Covid.

“Não abrimos mão de que todos, absolutamente todos, não só os professores, mas de todos os profissionais de educação estejam vacinados para que a gente possa voltar de forma segurança. O posicionamento da Secretaria de Educação é o respeito pela vida”. reforça Altair.

Durante a entrevista o Secretário respondeu de forma transparente e clara o questionamento sobre as verbas que, devido ao ensino remoto, não estavam sendo usados na educação, como deslocamento dos professores e transporte escolar.

Altair também respondeu à APLB Sindicato porque não estava sendo usado todo o percentual para pagamento aos professores com a aprovação do FUNDEB, deixando claro que isso é uma restrição da Lei Federal que impede às Prefeituras de não conceder aumentos e gratificações até janeiro de 2022.

Dentre outras questionamentos o Secretário fala quais as escolas que estão sendo reformadas, dentre as 44 escolas municipais.

E indo mais além, ao ser indagado sobre a como está a questão mental e depressão entre alunos e suas famílias bem como, entre os profissionais da educação, o Secretário esclarece que a Secretaria de Educação já tem seis psicólogos e três assistentes sociais já em atividade, visitando casas, indo às escolas e em contato com os profissionais. Isso com base em Lei Federal, que seria 1 psicólogo e 1 assistente social por escola, no entanto, o município não “tem braços” ainda para isso, mas já teve um bom início.

E encerrando a entrevista Altair ainda fala sobre os kits de alimentação que são entregues aos alunos. Diz que os mesmos foram melhorados e que estão entregando aproximadamente 6 mil kits, por família, ainda não consegue entregar por aluno, mas é uma preocupação da Secretaria de Educação.

Veja entrevista na íntegra no link.

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Jacobina: Carro pega fogo após batida na BR 324

No final da tarde desta quarta-feira, 15 de setembro de 2021, foi registrado um acidente …