terça-feira ,28 setembro 2021
Página Inicial / Noticias / Seabra: Caminhoneiro dirigindo embriagado é flagrado transportando produto altamente inflamável na Br 242

Seabra: Caminhoneiro dirigindo embriagado é flagrado transportando produto altamente inflamável na Br 242

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal flagrou neste domingo (15) o condutor de uma carreta transitando alcoolizado. A situação perigosa foi registrada por volta das 08h30, na BR 242, trecho do município baiano de Seabra.

Os policiais faziam fiscalização na rodovia, quando deram ordem ao caminhão acoplado a dois semirreboques (tanque). Durante a verificação, observou-se que o condutor apresentava sintomas de embriaguez e o mesmo foi convidado a efetuar o teste do bafômetro, que teve como resultado a concentração de 0,25 mg de álcool por litro de ar alveolar, índice dentro dos limites que configura infração de trânsito.

O caminhoneiro foi autuado por dirigir sob influência de álcool cuja infração é gravíssima com o pagamento de uma multa no valor de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Se houver reincidência no período de um ano, o valor é dobrado e a CNH é cassada.

Diante disso, foi confeccionado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e o condutor firmou o compromisso de comparecer ao Juizado Especial Criminal para responder por sua conduta de Dirigir veículo pondo em risco a segurança alheia (art. 34), da Lei de Contravenções Penais.

A PRF alerta sobre as consequências da combinação de álcool e volante e atua no policiamento ostensivo e preventivo, sendo priorizada a fiscalização de condutas de risco como ultrapassagens proibidas, alcoolemia ao dirigir, excesso de velocidade, dentre outras, com foco na redução de acidentes.

Quais os procedimentos adotados na fiscalização de alcoolemia:

a) motorista se recusa a fazer o teste de alcoolemia. Duas possibilidades:

a1. se não houver sinais de embriaguez, é lavrado um auto de infração com base no art. 165, A do CTB com previsão de multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 1 ano. O veículo é retido até apresentação de condutor habilitado.

a2. se houver sinais de embriaguez, é lavrado um auto de infração com base no art. 165 do CTB com previsão de multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 1 ano. Além disso, o motorista é conduzido preso pelo crime previsto no art. 306 do CTB. O veículo é retido até apresentação de condutor habilitado.

b) motorista faz o teste de alcoolemia com etilômetro homologado pelo DENATRAN e aferido pelo INMETRO. Três possibilidades:

b1. se o resultado no etilômetro for até 0,04 mg de álcool por litro de ar, aplica-se o erro metrológico e o resultado é zero, ou seja, o motorista pode dirigir e não é autuado.

b2. se o resultado no etilômetro for de 0,05 a 0,33 mg de álcool por litro de ar, é lavrado um auto de infração com base no art. 165 do CTB com previsão de multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 1 ano. O veículo é retido até apresentação de condutor habilitado.

b3. se o resultado no etilômetro for maior que 0,33 mg de álcool por litro de ar, é lavrado um auto de infração com base no art. 165 do CTB com previsão de multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 1 ano. Além disso, o motorista é conduzido preso pelo crime previsto no art. 306 do CTB. O veículo é retido até apresentação de condutor habilitado.

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Suspeito de matar pediatra em clínica, utilizou durex nos dedos e teve digital reconhecida por palma da mão

Preso nesta segunda-feira (27), o suspeito de matar o médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, de …