segunda-feira ,4 março 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Notícias / SEABRA: Lançada Campanha para restauração da Igreja do Senhor Bom Jesus da Comunidade do Vale do Paraíso que corre risco de cair

SEABRA: Lançada Campanha para restauração da Igreja do Senhor Bom Jesus da Comunidade do Vale do Paraíso que corre risco de cair

FOTO: Divulgação

A Igreja do Senhor do Bom Jesus na Comunidade do Vale do Paraíso, zona rural de Seabra na Chapada Diamantina, está correndo risco de desmoronar e precisa urgentemente de restauração em sua infraestrutura. Devido a isso a Comissão de Restauração da Igreja deu início a uma campanha de restauração da Igreja em 16 de fevereiro, no intuito de arrecadar recursos financeiros para essa intervenção.

A Comissão libera uma chave pix para os que desejam ajudar com esse fim. A chave pix é 75 99213 3026 em nome da Senhora Joanizia Souza Novaes (D. Joinha), moradora da comunidade e membro da comissão, “contamos com sua ajuda”, reforça a comissão.

A igreja do Bom Jesus do Vale do Paraíso em Seabra, representa um valiosíssimo patrimônio arquitetônico, tombada pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), inserida em Área de Proteção Rigorosa do Conjunto “Povoado Vale do Paraíso”, através do Processo nº 014/02.

“Ao constatarmos as rachaduras na igreja em janeiro de 2022, buscamos apoio junto ao Pároco de Seabra e representantes da sociedade dispostos a colaborar, entre eles um vereador e um deputado estadual, que por meio de uma vistoria técnica realizada por engenheiros da Secretaria de Obras e Urbanismo de Seabra, notificaram o IPAC, que posteriormente esteve no local”, relata a Comissão.

Passados 10 meses com a igreja fechada e sem solução efetiva, a líder da comissão local foi pessoalmente sede do IPAC em Salvador, reforçar a urgência na restauração e retorno das atividades do templo, conforme alega a Comissão. Em 5 de outubro de 2022, o Ipac enviou nota técnica e oficio referentes à questão. Os documentos reconhecem a importância do bem, assim como a necessidade de intervenção urgente, mediante instruções e monitoramento dos danos por profissionais habilitados.

“Apelamos ainda ao Poder Público Municipal para cumprir as exigências feitas pelo IPAC, para assim fazermos a restauração com segurança e conforme manda a lei. Se nada for feito no âmbito institucional, nos próximos dias, não vamos mais aguardar, pois temos urgência em restaurar a igreja para que possamos fazer o uso do espaço de fé e convivência entre os moradores; e por fim evite a perda futura deste patrimônio arquitetônico que faz parte da história local e atrai visitantes e turistas”, conclui a Comissão de Restauração.

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Projeto mobiliza alunos para enfrentamento da violência digital no Colégio Estadual de Campo Filinto Justiniano Bastos

Assuntos como fake news, autoimagem e cyberbulling são debatidos pelos estudantes Assuntos como fake news; …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]