quarta-feira ,4 agosto 2021
Página Inicial / As Mais Lidas / Seabra: Caso Iasmim – criança recebe alta do Hospital em Feira de Santana. Mãe desabafa e agradece.

Seabra: Caso Iasmim – criança recebe alta do Hospital em Feira de Santana. Mãe desabafa e agradece.

A garotinha Iasmim Santos dos Anjos, de 8 anos de idade, recebeu alta do Hospital da Criança, em Feira de Santana, nessa quinta-feira (24). Saiu da cidade às 12:30 e chegou em Seabra as 18 horas.

O caso Iasmim gerou muita comoção na cidade, após o pai, Carlos Henrique, em desespero, apelar nas redes sociais através de um vídeo pedindo, emocionado, uma UTI móvel para que sua filha fosse transferida com urgência para Feira de Santana. (Reveja o vídeo).

Na ocasião, Iasmim encontrava-se internada no Hospital Regional da Chapada, em Seabra, com quadro grave e forte suspeita de Covid-19.(Veja reportagem).https://www.chapadanews.com/seabra-crianca-de-8-anos-em-estado-grave-e-transferida-depois-de-pressao-da-populacao/

A criança já estava regulada desde o dia 13 de junho, aguardando a UTI móvel. Segundo relato dos pais, eles procuraram as autoridades em saúde, vereadores, prefeitura, no entanto, não receberam solução. Então, em desespero, recorreram às redes sociais, como último recurso. Após a postagem do vídeo do pai, rapidamente Iasmim foi transferida para um leito de UTI pediátrico no Hospital da Criança em Feira de Santana, no mesmo dia 16, às 18:50 h. Pai agradeceu em vídeo. (Reveja vídeo).

Em Feira de Santana, a criança ficou internada 3 dias na UTI usando máscara de oxigênio, após foi transferida para um isolamento onde ficou por 2 dias e em seguida foi para a enfermaria.

Em exames feito tanto em Seabra, quanto em Feira de Santana, todos deram negativo para Covid-19. A mãe, relata que Iasmim é cardiopata, tem asma e nesse período contraiu um vírus de gripe e que a criança faz uso de medicações e toda essa combinação de doenças, deixou a criança em estado grave.

Larissa, mãe de Iasmim, encaminhou áudio ao apresentador Nerisvaldo Sobrinho do Jornal do Meio Dia da Nova Fm, agradecendo intensamente às pessoas da rede social e dando ênfase ao bom tratamento que teve no Hospital de Feira de Santana. Em contra partida, deixa claro a indignação e “raiva “que sente do Hospital Regional da Chapada, bem como, do descaso de vereadores e prefeitura com o caso de Iasmim.

“Eu quero muito agradecer às redes sociais, todos que compartilharam a foto de minha filha, não vereadores, pois vários usaram a miséria dos outros para se popularizar, postando foto que a ambulância chegou. Estou com ranço de vários vereadores de Seabra e da Prefeitura. Ninguém me deu assistência. Eu recorri antes, as redes sociais foi último caso.” Diz a mãe.

“Não quero que nenhuma mãe passe o que eu passei dentro daquele Regional e nem precise correr atrás de vereador e prefeitura, porque eu corri. Fui em clínica particular perguntar se tinha ambulância com UTI particular, eu não encontrei nada. Depois que a foto da minha filha viralizou na internet, eu achei 10 ambulâncias. Isso é um descaso com a população… se eu não tivesse feito o que fiz, minha filha poderia não estar aqui. Os próprios médicos de Feira me falaram que estava esperando Iasmim na segunda, Iasmim só chegou na quarta, às 11:40 da noite…. Eu ia todos os dias na regulação e nada. O Diretor do Regional disse que nada podia fazer, na minha cara. Fui na promotoria e até a promotoria achou um descaso o que fizeram com a Iasmim que abriu um inquérito”. Desabafa a mãe

Com esse relato fica claro a força da sociedade unida e o poder das redes sociais. E o mais importante, a garotinha Iasmim está bem, salva e feliz.

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Irecê: Jovem é morto a tiros em bar no bairro Boa Vista

Um homem de 20 anos foi morto a tiros nesse domingo (01) em um bar, …