sexta-feira ,21 janeiro 2022
Página Inicial / Acidente / SEABRA: Cavalo é atropelado e morto na estrada do IFBA. Moradores reclamam e pedem providências

SEABRA: Cavalo é atropelado e morto na estrada do IFBA. Moradores reclamam e pedem providências

Foto: Estrada do IFBA

Moradores que usam a estrada que liga o centro da cidade de Seabra ao Instituto Federal da Bahia (IFBA), na Chapada Diamantina, reclamam que está tendo muitos animais de grande porte, equinos e bovinos soltos, trafegando pela estrada, colocando a vida de motoristas e pedestres em risco.

A “Estrada do IFBA”, como é conhecida, é muito usada por pessoas que vão fazer caminhada e também é uma importante via que liga a sede do município à diversas zonas rurais da região. Uma estrada de grande movimento de carros e pessoas trafegando.

Na ultima sexta (19), um cavalo foi atropelado por uma carro. Segundo relatos de uma ouvinte do Jornal do meio dia, seu primo acabou quebrando o braço e o cavalo morreu na hora. Os ocupantes do carro  foram encaminhados para UPA de Seabra.

Ao Jornal do meio dia na rádio Nova FM, ela relatou que pode acontecer algo pior, afinal, varias famílias usam aquela estrada para irem ao seu trabalho em Seabra. “Infelizmente o risco de algo pior acontecer aumenta a cada dia”. Disse a ouvinte.

Foto: Animal foi atropelado e morreu na ultima sexta

Animais em estradas e pistas é sempre um perigo. Como ilustração, vale lembrar que o impacto de um carro a 80 km/h em um cavalo equivale a uma queda livre de um prédio de 25 andares. Um risco enorme para motoristas e animais.

Os proprietários desses animais também têm responsabilidade criminal por sinistros envolvendo seus bichos. De acordo com o Código Civil, “O dono, ou detentor, do animal ressarcirá o dano por este causado, se não provar culpa da vítima ou força maior.”

A população espera e solicita da administração pública alguma ação, para evitar que esses cavalos e bois adentrem a estrada aumentando os riscos de acidentes.

Publicidade

Cuidados ao encontrar animais na estrada/pista
– Reduza a velocidade;
– Não buzine para não assustar o animal
– Não pisque os faróis ou jogue luz sobre o animal
– Feche os vidros do veículo ao passar perto de animais grandes
– Se for necessário ultrapassar, siga por trás dos bichos
– Depois de ultrapassar, sinalize para os motoristas que vêm em direção oposta sobre o perigo, piscando os faróis. Piscar três vezes o farol e posicionar a mão para baixo com quatro dedos abertos indica presença de animais na pista.

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Ambulância de Livramento se envolve em acidente na BA-262

Uma ambulância pertencente ao município de Livramento de Nossa Senhora se envolveu em um acidente …