domingo ,4 dezembro 2022
Página Inicial / Noticias / SEABRA: Diretor da Cerb fala sobre conclusão da Barragem Baraúnas e sobre Sistemas de Abastecimentos de Água na zona rural

SEABRA: Diretor da Cerb fala sobre conclusão da Barragem Baraúnas e sobre Sistemas de Abastecimentos de Água na zona rural

O prazo para a entrega da obra da Barragem Vazante/Baraúnas estaria previsto para o final de 2022, entretanto, devido às chuvas, a área da barragem ficou inundada, sendo necessário iniciar a limpeza dessa parte, além de proceder com a limpeza das fundações. Com isso, a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (CERB), acredita que a conclusão da Barragem passará “um pouco” do fim do ano.

Essa informação foi passada pelo Diretor da CERB, Antônio Matos, em entrevista ao Jornal do Meio-Dia, da Nova Web Radio, na última sexta-feira (11). Matos também explicou que o início de qualquer obra de grande porte como essa, sempre é lento, porém, a partir do momento que a obra engrenar, o avanço será representativo. Esclareceu também que apenas 30% da obra foi executado, até o momento.

Publicidade

Programa Bahia Produtiva e Abastecimento de Água na Zona Rural

Questionado sobre o fim previsto para final de 2022 do Programa Bahia Produtiva, um projeto do governo da Bahia, que financia subprojetos de inclusão socioprodutiva e de abastecimento de água, que mantém parceria com a CERB e as Centrais de Associações Comunitárias para Manutenção dos Sistemas de Saneamento, Matos disse que o objetivo é mantê-lo funcionando, para tanto, estão dialogando com o Banco Mundial um novo empréstimo para continuidade do programa.

Matos informou também que na região de Seabra, algumas obras do Bahia Produtiva estão inconclusivas devido a problemas em alguns poços que já estão sendo recuperados ou sendo perfurando novos poços, porém, a Cerb tem compromisso de entregar todos até o final de 2022.

A Cerb também iniciará no meio desse mês mais quatro obras, que não foram contempladas pelo Programa Bahia Produtiva, por falta de recursos. Obras com investimento de cerca de R$ 4,200 milhões, que serão nas comunidades de Brejo de João Alves, Olhos d’água do Antônio Francisco, Lagoinha dos Mendes, Baixa Funda e Queimada do Rufino.

Além disso, há outra obra mais ampla a ser iniciada também, agora em março, com 45 sistemas na região de Seabra que atenderá quatro comunidades do município: Barreirinho, Candeia do Alagadiço, Passagem Funda e Vale do Paraíso. Com isso são 60 sistemas para iniciarem em março e mais outros 20 sistemas em andamento, que deverá ser concluído até final do ano. Veja o video da entrevista:

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

CHAPADA: Coletânea da Antologia Poética Chapada Diamantina terá lançamento neste sábado, 3, pelo Youtube; é o nono volume da Coleção Bardos Baianos

Nesse sábado (3) de dezembro, às 19h, a Cogito Editora lança, em seu Canal do …