segunda-feira ,28 novembro 2022
Página Inicial / Noticias / SEABRA: Eleitores reclamam de filas e atrasos em algumas seções em Seabra; Cartório Eleitoral explica ocorrências

SEABRA: Eleitores reclamam de filas e atrasos em algumas seções em Seabra; Cartório Eleitoral explica ocorrências

Eleitores de diversas seções do município de Seabra, na Chapada Diamantina, reclamaram das longas filas nas eleições 2022 e de atrasos na votação, no último domingo (2). No Colégio Estadual Professora Ivanda Miranda de Souza, o antigo ACM, a votação foi encerrada por volta das 21 horas. Atraso também verificado no povoado de Cachoeira, onde a votação encerrou por volta das 20:30.

Segundo o Cartório Eleitoral de Seabra, algumas urnas apresentaram lentidão incomum, fenômeno registrado não somente em Seabra, mas em todo o Brasil. Essa lentidão obrigou a reiniciar as urnas várias vezes, o que ocasionou as filas e jogou os eleitores para votaram mais à noite. Teve seção em Seabra que foi necessário reiniciar a urna nove vezes. Algumas urnas foram substituídas, também favorecendo os atrasos.

Ainda, conforme o chefe do Cartório Eleitoral da Zona 88, Lucas Carvalho, das 115 urnas em Seabra, cinco foram substituídas. Em Ibitiara, das 47 urnas, três precisaram de substituição. Já em Novo Horizonte, das 38 urnas, duas foram substituídas. Para Lucas, esses foram problemas pontuais, em poucas urnas. E tais problemas não deverão persistir nas próximas eleições, pois já existem urnas novas2020, que apresentaram desempenho muito bom, onde foram usadas. Com carga mais rápida e duração maior. “Certamente nas próximas eleições nós já estaremos com essas urnas mais novas e não teremos mais esses problemas”, afirma Lucas.

Quanto ao Colégio Estadual Professora Ivanda Miranda de Souza, o antigo ACM, Lucas informa que já identificaram alguns gargalos, viu que o espaço físico é bem apertado, o que “engarrafa” e provoca lentidão, filas e atrasos. São seis urnas no local. Para as próximas eleições de 2024, o Cartório pensa em realocar algumas urnas para um local próximo ao antigo ACM, para descongestionar o prédio.

“Aumentar a seção não é tão simples, porque tem que ter uma justificativa, tem que ter quantidade de eleitor. Nesse caso, o que atrasou mais foi o espaço físico complicado e os atrasos nas urnas. Algumas seções nós iremos fazer uma redistribuição de eleitores para poder ficar uma coisa mais proporcional”, pontua Lucas, que já está em sua segunda eleição, à frente do Cartório Eleitoral de Seabra.

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

CHAPADA: Stefano Cortese e as cantoras Nina Neder e Ana Salvagni combinam músicas de diversas culturas no concerto ‘A lenda do pianista do Capão’

O concerto de piano solo ‘A lenda do pianista do Capão’, com o músico italiano …