domingo ,28 fevereiro 2021
Página Inicial / Noticias / Secretário de saúde de Barra do Mendes furou fila de vacinação contra Covid-19, diz MP-BA

Secretário de saúde de Barra do Mendes furou fila de vacinação contra Covid-19, diz MP-BA

Apesar de não pertencer a nenhuma das categorias prioritárias para tomar a vacina contra a Covid-19, de acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), o  secretário de saúde da cidade de Barra do Mendes, no território de Irecê, tomou a primeira dose do imunizante. O órgão estadual ingressou uma ação civil contra o secretário na sexta-feira (29).

De acordo com o MP-BA, apesar de ter 71 anos, o secretário Carlos Alves de Araújo não pertece aos grupos prioritários e por isso  furou a fila.  De acordo com o  promotor Marco Aurélio Amado, o gestor violou os princípios da impessoalidade, moralidade e eficiência.

O promotor explicou o entendimento do órgão. “O réu tem 71 anos, mas não vive em instituição de longa permanência, não é indígena, tampouco trabalhador da saúde ou membro de povo ou comunidade tradicional ou ribeirinha. Apenas, sem qualquer justificativa plausível, pois sem base em lei ou no planejamento governamental escrito, colocou-se à frente de todos, em afronta à impessoalidade, à moralidade e à eficiência”, disse.

Ainda segundo o MP, o  promotor requereu que o secretário seja impedido de tomar a segunda dose da vacina. Foi solicitado também que a imagem do secretário seja desvinculada de  todos os atos de campanha de vacinação até sua finalização, sob pena de aplicação de multa diária a ser imputada ao gestor pessoalmente.

A reportagem do Bahia Notícias tentou contato com a prefeitura municipal de Barra do Mendes, mas não obteve sucesso até o fechamento desta matéria.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada:Prefeito de Piatã recebe coordenadora regional do Inema

O prefeito Marcos Paulo recebeu nesta quinta-feira, 25, a coordenadora regional do Instituto do Meio …