terça-feira ,5 março 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Bahia / Segurança: Justiça baiana mira suspeito de fornecer armas ao Comando Vermelho e PCC.

Segurança: Justiça baiana mira suspeito de fornecer armas ao Comando Vermelho e PCC.

Uma operação, conduzida pela Justiça da Bahia, foi deflagrada nesta terça-feira (5), tendo como principal alvo um homem suspeito de fornecer armas para as facções Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC), no A ação foi realizada pela Polícia Federal, que cumpriu 25 mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária e 52 mandados de busca e apreensão.

Os mandados foram cumpridos no Brasil, Estados Unidos e Paraguai, onde estaria o principal alvo, identificado como Diego Hernan Dirísio.

Conforme a investigação, o argentino é dono de uma empresa chamada IAS, com sede no Paraguai, e considerado o maior contrabandista de armas da América do Sul. Dirísio teria movimentado R$ 1,2 bilhão na negociação de pistolas, fuzis, rifles, metralhadoras e munições de fabricantes de países como Croácia, Turquia, República Tcheca e Eslovênia.

De acordo com a Justiça, depois de comprar dos países europeus, as armas eram vendidas aos grupos criminosos em São Paulo e no Rio de Janeiro. No esquema, seriam utilizados doleiros e empresas de fachada no Paraguai e nos EUA.

Além disso, é investigado também corrupção e tráfico de influência na Direccion de Material Belico (DIMABEL), órgão paraguaio responsável por controlar, fiscalizar e liberar o uso de armas, facilitando o funcionamento do esquema.

Com informações do BNews.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Suspeitos morrem em operação policial em bairro periférico de Salvador; mais de mil estudantes tiveram aulas suspensas

Dois homens morreram após confrontos em uma operação conjunta das polícias Federal, Militar e Civil …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]