domingo ,5 fevereiro 2023
Página Inicial / Educação / UM FILME DE CRÍTICA COM BELEZA DA CHAPADA DIAMANTINA: “TERRAS QUE LIBERTAM – histórias dos Cupertinos”

UM FILME DE CRÍTICA COM BELEZA DA CHAPADA DIAMANTINA: “TERRAS QUE LIBERTAM – histórias dos Cupertinos”

Mais um momento de grandeza em movimento pelo direito a liberdade, marcam a história do documentário “TERRAS QUE LIBERTAM – histórias dos Cupertinos”. Ontem (15/12/22) no Auditório do IFBA Campus Seabra (munícipio de Seabra), foi realizada a Sessão Especial com a primeira apresentação do filme documentário para as famílias Cupertinos, quilombolas e amigos. Um momento marcado por beleza a grandeza no reconhecimento da luta e conquista coletivas sob a liderança dos irmãos Julio Cupertino e Jaime Cupertino, pelo direito as terras e aos territórios negros quilombolas no Território da Chapada Diamantina no Estado da Bahia.


O filme de autoria e direção do geógrafo Diosmar Filho, com produção da Ajayô Filmes, foi lançado em 2021, e já conquistou o título de melhor documentário Five Continentes Internacional Film Festival – FIOCC (Venezuela), melhor documentário sul americano no International Documentary Film Awards (Eslováquia), melhor documentário no DJARFOGO INTERNATIONAL FILM FESTIVAL (Cabo Verde). Além dessas premiações, Terras que Libertam conquistou menções especiais em outros concursos internacionais: finalista no Boden International Film Festival – BIFF (Suécia); menção especial no FestiFrance Brasil (Brasil).


Em 2022, o filme documentário foi selecionado e exibido na programação oficial do 15º Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul Brasil, África e outras Diásporas – na cidade do Rio de Janeiro (Brasil) e exibição especial no Brazil Climate Action Hub na 27ª Conferência das Partes da UNFCCC (COP27) na cidade de Sharm El-Sheikh (Egito).


Com uma linda homenagem ao Mestre Jaime Cupertino e a Dona Geronita (viúva do Mestre Julio Cupertino) os quilombolas das territórios de Vazante, Baixão Velho, Mulungu, Agreste e Morro Redondo, saudaram esse momento especial de arte com crítica e beleza, como bem definiu Edinei Cupertino, quilombola de Vazante e produtor local do filme.

Texto de Diosmar Filho

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

CHAPADA: Estudantes da Licenciatura em Computação do IFBA Jacobina desenvolvem games para cenários educacionais

“Compreender como os games enquanto dispositivos formativos podem contribuir na aprendizagem e no ambiente pedagógico …