quarta-feira ,12 maio 2021
Página Inicial / Polícia / Vídeos: Homem morre após atacar policial com barra de ferro; PM está na UTI.

Vídeos: Homem morre após atacar policial com barra de ferro; PM está na UTI.

Um cabo da Polícia Militar foi atingido na cabeça por uma barra de ferro após efetuar 17 tiros de balas de borracha contra um homem de 44 anos, que o atacava.

O suspeito estaria em um surto psicótico e, segundo testemunhas, ele sofria de esquizofrenia. Toda a ação, ocorrida na segunda-feira (11), no bairro Tenoné, no Belém, foi filmada. As informações são do portal UOL.

A PM informou que uma viatura da Rotam (Rondas Ostensivas Táticas) foi acionada após moradores relatarem ameaças de um homem que se encontrava “transtornado” e armado com uma barra de ferro. No loca, pelo menos quatro policiais tentaram controlar o homem e chegaram a precisar atirar no homem com balas de borracha. Resistindo a 17 tiros, o homem avançou contra um dos cabos, que acabou sendo atingido na cabeça pelo material que o suspeito carregava. Durante o ataque, a equipe revidou e atirou com munição letal contra o homem, que morreu no local do crime.

O agente precisou ser internado no Hospital Regional Metropolitano de Ananindeua após sofrer traumatismo craniano. Ele está em estado grave em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) desde o dia do ocorrido e passa por exames de tomografia e neurológicos para saber eventuais sequelas do ataque. A PM não informou se ele corre risco de morte.

O Ministério Público Militar gerou instauração de inquérito. Em análise preliminar das imagens, o promotor de Justiça Armando Brasil interpretou que pode ter havido uma falha da equipe policial em utilizar balas de borracha para conter o suspeito.

Além disso, para o promotor, a morte do suspeito é considerada um ato de legítima defesa pelos militares, já que a continuação dos golpes com a barra de ferro poderia levar o cabo à morte.

“Eles resolveram agir dentro da legítima defesa de terceiros, algo que deveriam ter feito antes. Se a guarnição já tivesse atirado, talvez não acontecesse isso com o colega. A filosofia da PM é proteger a própria integridade e depois a dos colegas para fornecer segurança à sociedade. Creio que houve uma falha ao conter o homem”, analisou o promotor.

Em um dos vídeos, é possível ver policiais socorrendo o colega de farda atacado. Em outro, uma mulher, que seria irmã do suspeito, chora sobre o corpo dele, enquanto populares pedem por socorro pois o homem, aparentemente, ainda estaria vivo.

Assista:

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Irecê: Empresário do ramo de supermercados é preso; polícia encontra arsenal com acusado

Um proprietário de supermercados foi preso nesta quinta-feira (29) em Irecê, no Centro Norte do …